Mestre tailandês de muaythai ministra seminário técnico em Muriaé


15/07/2016 - 18:59


Mestre tailandês de muaythai ministra seminário técnico em Muriaé





 

O mestre tailandês de muaythai, Pairojnoi, ministrou em Muriaé um seminário técnico e prático desta arte marcial. O evento, organizado pela Federação de Muaythai Tradicional Mineira (FMTM), aconteceu no sábado (9), na Academia Thai Fighters, sede da Federação. O mestre é o presidente da PMIF (Pairojnoi Muaythai International Federation, na sigla em inglês), entidade que visa padronizar o ensino do muaythai de forma pura, sem misturas ou influências de outras artes marciais.

 

 

Pairojnoi, que viveu até os 36 anos de idade em um mosteiro, é conhecido em toda a Tailândia (terra natal do muaythai) por ser o dono de três cinturões de campeão conquistados no Lumpinee Stadium – ganhou uma vez e defendeu o título por duas vezes, conseguindo mantê-lo – e considerado uma “lenda viva” desta arte marcial. Ele é também protagonista da considerada “Luta do Século” pelos tailandeses e formador de um grande número de campeões naquele país. Pairojnoi tem mais de 400 lutas em sua carreira.

 

A terceira edição do Seminário Internacional de Muaythai, que teve duração de aproximadamente seis horas, apresentou técnicas como cotoveladas, quedas, projeções, clinch, entre outros. Além de Muriaé, estiveram presentes professores e atletas de Ubá, Viçosa e São João Del Rey.  Esta é a terceira vez que Pairojnoi vem a Muriaé.

 

De acordo com o presidente da Federação de Muaythai Tradicional Mineira e secretário geral da PMF, Gilbert Almeida, a presença de Pairojnoi em Muriaé é importante para o crescimento do muaythai em Minas e no Brasil, pois fortalece a parte técnica dos treinadores e atletas. “O seminário foi muito bom. Sempre que o mestre vem, ele passa técnicas diferentes, tanto que muitos que participaram dos três seminários conheceram técnicas novas em cada um deles. Todo mundo gostou e saiu satisfeito. O mestre também saiu muito satisfeito”, avalia. “É importante ver que estamos no caminho certo e treinando da forma correta, da maneira como se faz na Tailândia”, acrescenta.

 

 

Ainda segundo Gilbert, a presença de Pairojnoi na cidade possibilita que os professores e alunos tenham contato direito com o mestre tailandês. “É um incentivo para o praticante de muaythai e aprender as técnicas vindas direito da Tailândia. Foi importante para todos, profissionais, atletas e iniciantes”, considera.  Pairojnoi permanece no Brasil durante dois meses, ministrando seminários em outros estados e capitais, como Belo Horizonte, São Paulo, Rondônia, Fortaleza, Recife, Salvador, Porto Alegre, entre outros.

 Texto enviado pela jornalista Gabriela Marquito
















Início
Xereta
Girando
Orgulho da terrinha
Destaques
Saudade da terrinha
Quem foi
Fui lá
Fiquei sabendo
Vai acontecer
Fiquei sabendo
Aniversários
Dicas úteis
Contato


EQUIPE - CONTRATE-NOS - ANUNCIE - CONTATO